“A Poesia de Aldir Blanc” é o mais recente projecto da inigualável Maria João. Esta é uma encomenda da entidade brasileira SESC, responsável também pela edição do disco homónimo. O espectáculo terá a estreia em Portugal já em Outubro, no festival FOLIO, em Óbidos.

Maria João traz-nos da sua alma a leitura musical da obra do autor brasileiro, numa homenagem à revolução da palavra, do texto poético e cantado.

A narrativa — apresentada em formas sem precedentes —, as personagens, os sons e os temas escolhidos por Aldir, e a irreverência com que os trata, fizeram da sua voz uma das mais singulares da música contemporânea e uma das referências contra a ditadura militar brasileira, que teve como hino o seu poema “O Bêbado e a Equilibrista”.

Maria João desafia personalidades criativas como Sérgio Carolino, Eleonor Picas, Mário Laginha, Mário Delgado, Filho da Mãe, entre outros artistas a participar no projecto “A Poesia de Aldir Blanc”.

Para a transposição do projecto para palco, encontraremos o Trio Ogre (formado por João Farinha e André Nascimento, juntamente com Maria João) como núcleo presente ao longo de toda a narrativa musical, incluindo assim a componente electrónica no processo criativo que se une à interpretação de cada um dos outros artistas em palco.

Related Projects